"Programa Nosso Futuro" oferece aulas gratuitas de redação para o ENEM

Conversando sobre produção textual. 

Este foi o título da aula inaugural do Programa Nosso Futuro, que aconteceu nesta quinta-feira, 21, no Anexo da Secretaria de Educação (D’Barbosa). O programa tem como objetivo fornecer aulas de redação para exames de seleção.

A aula, que dá inicio ao projeto, foi ministrada pelo professor feirense Gustavo Soares e contou com a presença dos estudantes inscritos, professores e autoridades locais. O curso vai acontecer às terças e quintas-feiras na Escola Municipal Professora Alzira Martins Dantas de Oliveira, e em sua edição inaugural terá foco voltado para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). No entanto, a ideia é que a partir de 2018 aconteçam duas edições anualmente. A primeira voltada para vestibulares e concursos públicos, e a segunda voltada especificamente para o ENEM.

O Programa Nosso Futuro é feito com recursos próprios e nesta primeira edição conta com 81 inscritos, divididos em três turmas, e que atendem os seguintes critérios: ser estudante do município, egresso de escola pública cursando o 3º ano do Ensino Médio e estar inscrito no ENEM. As aulas serão proferidas pelas professoras Adriana Lima, Cristiane Tavares e Ivanice Barreto.

Para nós da Secretaria de Educação é algo muito importante, tem uma relevância social muito grande. Pois, vai atender os estudantes de escolas públicas que normalmente tem enfrentado muitas dificuldades nestas seleções, sobretudo, na prova de redação, enfatiza Adriana Santana, secretária de Educação do município.

Em 2016, de acordo com o Ministério da Educação, mais de 290 mil redações foram anuladas ou receberam nota zero no ENEM. Neste ano de 2017, o exame acontece nos dias 5 e 12 de Novembro.

Expectativas

Professoras e estudantes esperam e veem como positivo a implementação do programa. Para professora Adriana Lima, o projeto atinge toda a cidade, não apenas os estudantes.

Vai contribuir muito para o desenvolvimento da nossa cidade. Quando fala ‘nosso futuro’ não é apenas do estudante, mas sim, de toda cidade, comenta.

Para também professora Cristiane Tavares, o programa tende a suprir uma demanda que não é possível somente com as aulas regulares nas escolas. 

É uma oportunidade para que façamos o que às vezes a gente não consegue na escola. Preparar bem e melhor os alunos a fim de que se saiam bem na prova do ENEM.

A estudante Ivana Fontes, do Colégio Estadual Joaquim Inácio de Carvalho, é uma das inscritas e acredita ser uma ótima oportunidade. 

É uma oportunidade muito interessante. No colégio ás vezes fica difícil para os professores suprirem essa demanda, diz.

Veja as fotos da aula inaugural

Compartilhe

Mais Notícias